Senador Clésio Andrade teme apagão logístico no país

Compartilhar           Orkut          

| 01/11/2013 - Atualizada em: segunda-feira, 17 de outubro de 2016 10:25

Luiz Renato Orphão

​O senador e Presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Clésio Andrade, mostrou, mais uma vez, preocupação com situação das estradas brasileiras e com um possível apagão logístico no país. A apreensão do senador Clésio Andrade tem como base a 17ª Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada nesta quinta-feira (31), que mostra que nos últimos 11 anos o governo federal deixou de investir mais de R$ 40 bilhões na expansão e na melhoria da malha rodoviária.

“Isso vai ter uma hora que vai criar um apagão logístico, vai ter uma hora, que as filas não serão só no porto de Santos, nós vamos ter quilômetros e quilômetros de caminhões parados em todo sistema rodoviário brasileiro porque não se consegue escoar a produção”, finaliza o senador Clésio Andrade.

Pesquisa CNT de Rodovias

De acordo com a Pesquisa CNT de Rodovias 2013, 63,8% da extensão avaliada apresentam alguma deficiência no pavimento, na sinalização ou na geometria da via. Em 2012, o índice havia sido de 62,7%. Também aumentaram os pontos críticos, passando de 221 para 250. São consideradas como pontos críticos situações que trazem graves riscos à segurança dos usuários, como erosões na pista, buracos grandes, quedas de barreira ou pontes caídas.

Compartilhar           Orkut