Senador Clésio Andrade pede perdão das dívidas de Santas Casas e Hospitais Filantrópicos

Compartilhar           Orkut          

| 09/05/2013 - Atualizada em: sábado, 15 de outubro de 2016 9:40

Foto: Divulgação/Shutterstok

​A situação das Santas Casas e Hospitais filantrópicos de todo o país tem preocupado o senador Clésio Andrade (PMDB/MG). Nesta quarta-feira (8), o parlamentar mineiro encaminhou ofício para os Ministros da Saúde, Alexandre Padilha, da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e para a de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. A proposta do senador Clésio Andrade é de que o governo perdoe as dívidas em impostos e que as instituições paguem o restante com a prestação de serviço aos pacientes do SUS.

Nossa proposta é no sentido de zerar todas as dívidas das Santas Casas, ou seja, dar um perdão e criar um crédito para o governo e as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos ficam com a obrigação de atendimentos futuros para compensar esse perdão, que não pode nem ser considerada uma perda pra o governo, mas, sim, um investimento em saúde pública que vai beneficiar Minas Gerais e o Brasil”, afirma o senador Clésio Andrade.

A dívida das 2.100 Santas casas e Hospitais Filantrópicos espalhados por todo o Brasil chega a casa dos R$15 Bilhões, na maioria das vezes dinheiro que foi gasto para atender principalmente aos brasileiros de menor poder aquisitivo. O senador Clésio Andrade lembra que sua proposta tem o objetivo de impedir um colapso de grande parte dessas unidades e pede, ainda, que seja revista a tabela de remuneração de procedimentos. Ouça a entrevista.


Compartilhar           Orkut