Ônibus não é transporte de massa, afirma Clésio Andrade

Compartilhar           Orkut          

| 11/07/2013 - Atualizada em: segunda-feira, 17 de outubro de 2016 5:55

​O Presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Senador Clésio Andrade, afirmou, na manhã desta quinta-feira (11), que a solução para a mobilidade urbana das grandes cidades é o investimento em transporte de massa. “Transporte de massa é metrô, de superfície ou subterrâneo, e VLT. Ônibus não é transporte de massa, ele deve ser utilizado de forma complementar”, afirma o senador peemedebista.

“A Região Metropolitana de Belo Horizonte precisa, hoje, de R$ 25 Bilhões de investimento em transporte de massa. São necessários 200 km, entre metrô de superfície, subterrâneo e VLT. Só assim vamos conseguir tirar os carros das ruas e garantir uma melhor qualidade de vida para a população”, disse Clésio Andrade.

Um exemplo dado pelo senador é a obra do metrô da capital mineira, Clésio Andrade lembra a necessidade de conclusão da obra, com ampliação dos ramais a Barreiro, Contagem e Betim “com a ampliação do sistema vamos passar a transportar 900 mil passageiros/dia. Hoje, são 220 mil”, concluiu.


Compartilhar           Orkut