Governo deve investir mais em projetos prioritários

Compartilhar           Orkut          

| 19/12/2012 - Atualizada em: terça-feira, 18 de outubro de 2016 11:08

Carlos Rhienck

​Preocupado com a situação do sistema rodoviário brasileiro, o Presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT)​, senador Clésio Andrade, cobrou, nesta terça-feira (18), que o governo federal invista em obras essenciais para o país, em detrimento de outras, como o trem bala, passíveis de serem executadas com maior prazo. Sobre o recente anúncio da licitação do trem bala, o senador afirmou que a obra tem sua importância pelo fato de ligar duas grandes capitais, Rio de Janeiro e São Paulo, mas que a obra não é prioritária para o país.

“Milhares de pessoas morrem nas estradas todos os meses e a falta de condição das rodovias é o principal fator. É como se um boeing caísse a cada quadro dias”, afirma o senador. Ainda segundo o parlamentar, o governo deve destinar recursos reservados à infraestrutura para obras que visem a suprir carências imediatas do país, como adequação das rodovias, que vai poupar muitas vidas, e infraestrutura de portos e aeroportos, que elevará substancialmente a capacidade logística interna.

De acordo com o representante mineiro, líder do setor de transporte no país, o investimento necessário para o Brasil manter a competitividade no mercado internacional chega a R$ 450 bilhões.   O Brasil investiu, no ano passado, R$ 15,4 bilhões em melhorias no setor, o que representa apenas 0,42% do PIB.


Compartilhar           Orkut