Clésio Andrade firma acordo para investimentos chineses em infraestrutura brasileira

Compartilhar           Orkut          

| 17/10/2011 - Atualizada em: quarta-feira, 12 de outubro de 2016 18:59

 
O senador Clésio Andrade, presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), assinou nessa quinta-feira (13), em Wuhan, na China, com o vice-governador da província de Hubei, Tian Chenghong, principal pólo automobilístico chinês, acordo para desenvolver parcerias entre empresários  brasileiros e chineses do setor de transporte.
 
O acordo prevê início imediato de ações conjuntas entre a CNT e o Departamento de Comércio Exterior da Província de Hubei, para identificar oportunidades de investimentos chineses em obras de infraestrutura de transporte no Brasil.
 
Nas obras rodoviárias, ferroviárias, aeroportuárias e portuárias em que o governo decidir executar com a participação de capital privado, a CNT vai colaborar identificando e estimulando a criação de novas parcerias empresariais dos dois países, usando investimentos chineses.
 
"A CNT pretende ser um elo entre o governo da presidente Dilma e os empresários de transporte e de serviços dos dois países”, disse Clésio Andrade. “O nosso papel é o de colaborar com o governo, estimulando novas parcerias para investimentos em obras na infraestrutura de transportes. Vejo este momento como muito oportuno: o Brasil precisa de investimentos e a China tem recursos e decisão política de participar da construção de obras de infraestrutura no país."
 
O texto do acordo estabelece que caberá à CNT, sempre em sintonia com o governo federal, apresentar a empresários chineses e brasileiros projetos de infraestrutura prioritários que careçam de investimentos privados para a sua realização.
 
“O Plano CNT de Transporte e Logística, estudo com 748 projetos em todo o país e em todos os modais do transporte, aponta que serão necessários cerca de R$ 405 bilhões para recuperar o crônico atraso da infraestrutura do país. Este objetivo será impossível de ser atingido só com recursos públicos ou de empresas brasileiras. Precisamos de capital externo e os chineses querem participar ativamente deste grande programa nacional", afirmou Clésio.
 
O vice-governador Tang Chenghong disse que o acordo firmado com a CNT vem ao encontro do desejo dos empresários chineses de Hubei em participar mais do desenvolvimento brasileiro com investimentos, tecnologia em infraestrutura e na instalação de indústrias na área de transporte.
 
O governo de Hubei considerou a assinatura do acordo evento político e empresarial tão importante, que realizou a cerimônia no Hotel Hongshan, em Wuhan, capital da província, com a presença expressiva de políticos, autoridades e dezenas de empresários. Jornais, noticiário da internet e televisão de Hubei registraram com destaque a presença do senador Clésio Andrade e a assinatura do acordo com a CNT.

Compartilhar           Orkut