Clésio Andrade quer divisão mais justa de investimentos da Petrobras

Compartilhar           Orkut          

| 15/10/2012 - Atualizada em: domingo, 2 de outubro de 2016 13:20

O senador Clésio Andrade não está nada satisfeito com a previsão orçamentária da Petrobras.  De acordo com dados da estatal, do total planejado até 2014, menos de 1% dos investimentos será em Minas Gerais.

O representante mineiro já iniciou uma articulação da bancada mineira de apoio ao governo Dilma com o objetivo de aumentar para, pelo menos, 10% do orçamento total da empresa. Nesta segunda-feira (15), Andrade encaminhou ofício ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, explicando a demanda.

“Minas Gerais tem vários empreendimentos que necessitam de maiores investimentos da Petrobras. Podemos citar o a refinaria de Gabriel Passos, em Betim, o polo acrílico e o polo de fertilizantes no Triângulo Mineiro. Esse percentual de 10% é o que consideramos mais justo, pelo que Minas Gerais gera de riqueza para o país e para a estatal”, justifica o senador Clésio Andrade.

A demanda tem o apoio do grupo Pró-Minas da Dilma e é um dos principais pontos do documento Fortalecimento de Minas no Cenário Nacional​. Coordenado pelo Senador Clésio Andrade, e com participação da bancada mineira de apoio ao governo Dilma, o documento faz um diagnóstico sobre as principais necessidades do estado em relação a obras de infraestrutura e também sobre a recuperação do espaço político perdido no cenário nacional.

Compartilhar           Orkut