Royalties do minério: Clésio e Aécio pedem celeridade na votação do projeto

Compartilhar           Orkut          

| 12/09/2012 - Atualizada em: quinta-feira, 13 de outubro de 2016 11:43

Agência Senado

 

O senador Clésio Andrade defendeu, hoje (12), na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, a rápida votação do projeto de lei que propõe a elevação dos royalties do minério de ferro de 2% para 4%, juntamente com o senador Aécio Neves, relator do projeto.
 
A proposta, apresentada pelo senador Clésio Andrade (PLS 283/2011), deverá ser votada ainda no próximo mês, e vai beneficiar os municípios mineradores, que são obrigados a arcar com os prejuízos provocados pela exploração do minério de ferro. Com o aumento da compensação, os municípios terão melhores condições de reduzir os danos causados pela atividade.
 
“É a compensação mínima que se pode exigir de uma atividade econômica extremamente lucrativa, mas que impõe pesados custos em educação, saúde e infraestrutura de transporte e segurança aos municípios”, disse o Clésio Andrade. O senador mineiro lembrou que os royalties ainda têm de ser aplicados no desenvolvimento de outras potencialidades econômicas que venham a impedir a falência dos municípios quando do esgotamento das lavras.

 

Compartilhar           Orkut