Clésio Andrade afirma que Plano de logística será marco divisor

Compartilhar           Orkut          

| 15/08/2012 - Atualizada em: terça-feira, 18 de outubro de 2016 15:07

Foto: Júlio Fernandes

​O senador e Presidente da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Clésio Andrade, participou hoje (15) do lançamento do Plano Nacional de Logística: Rodovias e Ferrovias, no Palácio do Planalto. De acordo com o anúncio feito pelo Ministro dos Transportes, Paulo Passos, serão investidos R$ 133 Bilhões na duplicação dos principais eixos rodoviários, e na reestruturação e ampliação das ferrovias do país nos próximos 30 anos.

“Será um marco divisor na infraestrutura de transporte do país. É uma demanda antiga da Confederação Nacional do Transporte (CNT) para que se investisse fortemente em rodovias, ferrovias e portos. Hoje, a presidenta Dilma deu uma demonstração muito forte da preocupação que ela tem com a logística no Brasil e de que passou a ver o investimento no setor como necessário para reduzir o custo Brasil e alavancar a economia”, comemora o senador Clésio Andrade.

Ficaram para as próximas semanas medidas para portos e aeroportos. A meta do governo é de que sejam investidos, já nos primeiros 5 anos, R$ 79,5 Bilhões em rodovias e ferrovias. Estão incluídos no Plano, a concessão de 7,5 mil quilômetros de rodovias e 10 mil quilômetros de ferrovias.

Minas Gerais possui cinco rodovias no Plano Nacional de Logística, são elas: BR-262; BR-116; BR-050; BR-040; BR-153. A ferrovia Belo Horizonte – Salvador também está incluída no Plano.


Compartilhar           Orkut