Desoneração e investimento não são incompatíveis, diz Clésio Andrade

Compartilhar           Orkut          

| 08/08/2012 - Atualizada em: quinta-feira, 6 de outubro de 2016 20:27

​O senador Clésio Andrade afirmou, hoje, que o governo deve prosseguir sua política de incentivo ao crescimento e ao emprego tanto pela desoneração de setores específicos, como pela promoção do investimento, seja direto ou em parceria com a iniciativa privada, ou ainda facilitando que esta invista mais. “Desoneração e investimento podem acontecer ao mesmo tempo”, segundo o senador por Minas Gerais.

“O peso dos tributos sobre a folha salarial no Brasil corresponde a 9% Produto Interno Bruto (PIB), percentual que fica em 5% entre os países emergentes;  a taxa de investimento está caindo, 18,7% no primeiro trimestre, longe, portanto, da meta de 23,2% fixada no Plano de Investimento Plurianual (PPA) 2012-2015”,  lembrou o senador por Minas Gerais e presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), ao recomendar que investimento e desoneração caminhem juntos, com vistas ao crescimento. 


Compartilhar           Orkut