Senador Clésio Andrade apresenta proposta de elevação dos royalties do minério a Anastasia

Compartilhar           Orkut          

COBRANÇAS DO INTERESSE DE MINAS | 31/07/2012 - Atualizada em: segunda-feira, 17 de outubro de 2016 22:26

O senador Clésio Andrade esteve, nesta segunda – feira (30), em reunião com o Governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, para discutir a importância do projeto de sua autoria,que propõe a elevação dos royalties do minério de ferro de 2% para 4%. Na oportunidade, o senador de Minas explicou ao governador a necessidade de agilizar a votação do texto, que aguarda relatório do senador Aécio Neves. 

“Hoje em dia, o valor é extremamente insignificativo, 2% sobre o valor líquido. A nossa proposta é de elevar para 4% do valor bruto. Então, o aumento dos valores que Minas Gerais arrecada teria um acréscimo de dez vezes do atual”, explica Clésio Andrade.

O projeto de lei do senado - PLS 283 –, que propõe a elevação dos royalties  do minério para 4%, foi apresentado pelo senador Clésio Andrade em maio de 2011. Em junho do mesmo ano,  foi designado como relator do PLS 283 o senador Aécio Neves, que  o devolveu para nomeação de novo relator, ainda em junho.  
Em setembro de 2011 foi aprovado  requerimento na Comissão de Infraestrutura do Senado para que o PLS 283/2011, de autoria do senador Clésio Andrade, e o PLS 01/2011, de autoria do senador Flexa Ribeiro, tramitassem em conjunto, por versarem de mesma matéria.  A relatoria de ambos os projetos foi então designada novamente  ao senador Aécio Neves,  de quem depende o parecer para que se proceda a votação.  

O senador afirmou ainda que está se empenhando para que o projeto seja votado o mais rápido possível e que vai defender em plenário a aprovação da proposta. 

Compartilhar           Orkut