CNH gratuita para baixa renda será votada amanhã no Senado

Compartilhar           Orkut          

| 14/05/2012 - Atualizada em: sexta-feira, 14 de outubro de 2016 8:51

Detran RN


Será votado nessa terça-feira (14) em caráter terminativo na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado o PL-593/2011, do senador Clésio Andrade, que pretende garantir ao jovem que tenha renda familiar de, no máximo, R$ 1.635,00 a obtenção gratuita da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A proposta tem o objetivo de suprir a demanda do setor transportador por mão de obra qualificada, estimada em 40 mil vagas

A carteira de motorista será financiada com recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE), já cobrada na venda de combustíveis, que vai custear também a transformação da CNH para as categorias profissionais C, D e E.

Atualmente, um condutor amador de categoria B que deseje obter uma carteira profissional de categoria C ou D, bem como o motorista profissional que deseje migrar entre as categorias C, D e E, precisa investir, aproximadamente, R$ 1.500,00 com cursos e documentações, além dos gastos com deslocamento e refeições durante as aulas práticas e os exames exigidos na legislação. ​

Compartilhar           Orkut