Crescimento a custos menores

Compartilhar           Orkut          

| 05/04/2012 - Atualizada em: segunda-feira, 17 de outubro de 2016 21:14

 

O senador Clésio Andrade (PMDB-MG) ressaltou a importância do reforço de R$ 3 bilhões, anunciado pelo governo esta semana, ao programa Crescer, destinado ao financiamento de microempreendedores individuais e microempresas que faturam até R$ 120 mil por ano. “São recursos de repercussão importantíssima na manutenção da atividade econômica e do emprego, a um custo muito mais baixo”, afirmou Clésio.

 

O senador mineiro afirmou que a disponibilização de R$ 100 a R$ 15 mil, até mesmo para os empreendedores informais, com juros em torno de 8% ao ano, tem o poder de estimular a formalização de empresários e do emprego, em um segmento que irriga principalmente a economia periférica e marginal, com efeitos sociais de extrema importância. O programa crescer é operacionalizado pelos Banco do Brasil, do Nordeste, da Amazônia e Caixa Econômica Federal, com apoio do Sebrae.

 

Compartilhar           Orkut