Clésio Andrade alerta: falta investimento em transporte

Compartilhar           Orkut          

| 29/06/2011 - Atualizada em: sexta-feira, 9 de setembro de 2016 12:33

“Em cinco anos, o Brasil precisa investir R$ 500 bilhões de reais em transporte e logística", afirmou o senador e presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Clésio Andrade (PR-MG), hoje (29), na reinstalação da Frente Parlamentar Mista de Logística dos Transportes e Armazenagem, no Congresso Nacional.
 
A frente parlamentar, que tem Clésio Andrade como vice-presidente, reúne 204 deputados federais e 20 senadores, tem o objetivo de agregar parlamentares para avançar nas propostas que visem mudanças e melhorias na qualidade da infraestrutura brasileira. O colegiado também faz valer a força política para cobrar, fiscalizar e apoiar projetos do Executivo na área.
 
Clésio Andrade ressaltou a importância do investimento em transporte e logística para o país continuar crescendo. O senador mineiro comparou o investimento brasileiro, hoje em torno de R$ 20 bilhões ao ano, com o dos outros integrantes dos BRIC’s, como a Índia, que aplica o equivalente a 100 bilhões e a Rússia, com 500 bilhões e a China com muito mais que isso.
 
“A situação do transporte é critica, mas reconhecemos o esforço da presidente Dilma. O setor voltou a ter investimentos no governo Lula e continua neste governo, mas ainda não é o suficiente”, afirmou o senador mineiro. Ele apontou como alternativa para a insuficiência de recursos governamentais a utilização das PPP’s (Parcerias Público Privadas) para construção de estradas e aeroportos, modernização de portos e viabilização de hidrovias.​

 

Compartilhar           Orkut