Clésio luta por café de qualidade para conquistar mercados

Compartilhar           Orkut          

| 17/06/2011 - Atualizada em: domingo, 16 de outubro de 2016 13:05

“A melhoria da qualidade do café brasileiro, seu beneficiamento e industrialização, abrem o caminho para o aumento da renda do produtor e das receitas de exportação do Brasil e dos estados produtores, entre os quais Minas Gerais ocupa o primeiro lugar”, afirmou hoje (17) o senador Clésio Andrade (PR-MG), no encerramento da 14ª Expocafé.

Maior evento da cafeicultura nacional, realizado anualmente em Três Pontas, no Sul de Minas, a Expocafé deste ano, segundo Clésio Andrade, teve o mérito de promover a integração entre empresas, produtores e instituições de ensino e pesquisa no 1º Encontro Nacional de Inovação do Café, além da audiência pública promovida pela Assembléia Legislativa, que aproxima o setor do mundo político.
 
“O empreendedorismo e a inovação, a pesquisa e transferência de tecnologia, sempre com atenção ao meio ambiente, devem marcar o desenvolvimento da cafeicultura, em um momento como o atual, tão promissor para o setor”, afirmou o senador mineiro, que faz parte da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cafeicultura.
 
Clésio Andrade considerou “excepcional” o resultado da 14ª Expocafé, particularmente em relação aos ganhos de tecnologia, fator que, segundo ele, aumenta a oferta de empregos mais qualificados e de melhor remuneração. Além da integração e do aprendizado, a Expocafé tem um outro mérito, segundo Clésio Andrade, que é a oportunidade de degustar os 10 melhores cafés produzidos em Minas Gerais. “Cafés de qualidade são fundamentais para conquistar mercados e aumentar o consumo interno e externo e, com isso, elevar a renda do produtor” – disse.

Compartilhar           Orkut